O Coronavírus na Itália: ajustando-se à uma nova realidade

Um relatório de dados que revela como o COVID-19 está estabelecendo novos paradigmas para os italianos

NOTAS PRELIMINARES

Este relatório fornece insights, baseados na interpretação de dados, sobre a pandemia global com atenção especial à Itália. Analisando o Google Trends e as informações em mídias sociais, ele enfoca as mudanças ocorridas nas prioridades de vida, as questões práticas da vida em quarentena e o aumento de atos de solidariedade.

Contate-nos para maiores informações

Este relatório não tem a menor intenção de desviar a atenção do fato que o surto do novo coronavírus é, antes de tudo, uma tragédia humana que está afetando centenas de milhares de pessoas.

Em virtude da rápida evolução das circunstâncias, por favor observe que esta página reflete os dados coletados até o dia 24 de março de 2020.

Contate-nos

Antes de preencher o cadastro, por favor, leia o Aviso de Privacidade, nos termos do art. 13 do Regulamento da UE n.º 679/2016

Entrada inválida
Entrada inválida
Entrada inválida
Entrada inválida
Entrada inválida
Entrada inválida
Entrada inválida

Privacy


Declaro que li a Política de Privacidade e autorizo o processamento de meus dados pessoais para fins de marketing pela Reply SpA, em particular para o envio de comunicações promocionais e comerciais ou para o informar sobre eventos corporativos ou webinars, com métodos de contato automatizados (ex.: SMS, MMS, fax, e-mail e aplicativos web) e tradicionais (Ex.: telefonemas com operadora e correio tradicional).

A Linha do Tempo da Restrição de Liberdade na Europa

Para combater a propagação exponencial da pandemia e salvar vidas, os governos estão tomando medidas rigorosas que afetarão as vidas de todos os europeus e aumentarão seu desejo por informação a respeito do “Coronavírus”- o que se reflete diretamente no volume de buscas sobre este termo.

30-31/01: WHO declares Public Health Emergency

23/02: Lockdown of 10 Italian communities after rapid increase of new COVID-19 infections

13/03: Spain announces to declare state of emergency and imposes a curfew afterwards

16/03: The French, German and British governments declare various measures, such as border closures as well as the closing of schools and kindergartens

Dados obtidos no Google Trends no dia 18 de março, em cinco países, durante os últimos 90 dias.

UM CLOSE-UP NA ITÁLIA

Por conta do rápido aumento de novas infecções pelo COVID-19, o governo italiano decidiu estender o confinamento, antes em algumas zonas específicas, a todo o país. A partir de 09 de março, os italianos podem sair das suas casas somente por determinados motivos, que devem ser comprovados através de autocertificação.

timeline

EM BUSCA DO CONTATO FÍSICO, ONLINE

As pessoas afetadas pela quarentena expressam sua necessidade de contato físico contando às suas famílias e seus parceiros o quanto sentem falta de beijá-los e abraçá-los. O efeito mais negativo desta restrição de liberdade não parece ser a falta de mobilidade em si, mas a impossibilidade de contato real com as pessoas.

30-31/01: WHO declares Public Health Emergency

23/02: Lockdown of 10 Italian communities after rapid increase of new SARS-CoV-2 infections

09/03: Start of the quarantine all over Italy: people cannot leave their home except for extraordinary reasons

Fonte: Brandwatch

PROCURANDO POR PONTOS DE REFERÊNCIA PARA SENTIR-SE PARTE DE UM GRUPO

A fim de combater o isolamento, o comportamento online dos italianos mostra que eles estão procurando pontos de referência e estão recorrendo aos valores mais importantes para sentir-se parte de um grupo – tanto no âmbito familiar quanto na esfera nacional.

SENTINDO-SE PARTE DA FAMÍLIA

Para os italianos, o primeiro modo para encontrar um ponto de referência é sentir-se parte da família. Segundo suas pesquisas online, a resposta para o isolamento é manter seus filhos e membros da família ocupados com atividades de lazer e também preparando e desfrutando juntos uma tradicional refeição em família. Neste contexto, a tecnologia digital também é utilizada para vencer distâncias e conectar familiares e amigos que vivem longe.

Receitas caseiras e tradicionais

Quarantine period

Fonte: Google Trends

Atividades coletivas para passar o tempo em casa

Quarantine period

Fonte: Google Trends

Ferramentas digitais para conectar-se com parentes e amigos

Quarantine period

Fonte: Google Trends

Sentindo-se unidos como nação

Ainda que os italianos sejam muito patriotas, eles estão se redescobrindo como uma nação neste momento de crise. Graças ao uso das redes sociais, atividades como cantar juntos, tanto ao vivo quanto online, estão acontecendo em toda a Itália.

Flash mob nas sacadas

Graças à coordenação através das mídias sociais, todas as noites, às 6 da tarde, os italianos entoam juntos o hino nacional e algumas canções populares.

Trending hashtags para gerar otimismo

Muitos hashtags como #andratuttobene (vai ficar tudo bem), #celafaremo (vamos conseguir), #forzaitaliacelafaremo (força Itália, vamos conseguir) tornaram-se virais e são utilizadas para espalhar o otimismo no país.

Solidariedade em todos os níveis

Neste momento de crise, todos estão colocando suas habilidades e recursos para prestar serviços para a comunidade.

CIDADÃOS

Muitos cidadãos doaram dinheiro ou parte de seu tempo livre para ajudar as pessoas mais vulneráveis. O volume de buscas a respeito de trabalho voluntário e compras para idosos e pessoas sem teto aumentou durante a quarentena. Empreendedores famosos e empresas de moda doaram milhões. Entre eles, por exemplo, o conglomerado de moda Armani, que doou 1,25 milhões de euros para os hospitais italianos, e as famílias Ferrero e Agnelli, que contribuíram com 10 milhões de euros cada para o alívio da crise.

Quarantine period

Fonte: Google Trends

PROVEDORES DE SERVIÇOS

Muitas das companhias que fornecem serviços digitais estão oferecendo seus serviços de graça ou com um desconto especial. A fim de facilitar o acesso para seus cidadãos, o governo italiano criou um website que lista todas as ofertas.

solidarietadigitale.agid.gov.it

EMPRESAS

Muitas empresas estão alterando sua produção para bens que estão em escassez. As indústrias têxteis e de moda, em particular, estão convertendo suas instalações para a produção de máscaras respiratórias.

INFLUENCERS

Influencers estão usando sua popularidade para coletar doações. Muitos deles utilizam sua credibilidade para levantar fundos e fazer com que seus seguidores se envolvam nas doações.

ARTISTAS

Muitos artistas estão utilizando as mídias sociais para apresentar suas performances para as pessoas obrigadas a ficar em casa. Cantores e músicos estão compartilhando seus shows ao vivo e de graça através do Instagram, com o hashtag #iosuonodacasa (eu toco música em casa).