Best Practice

Metaverso - Um novo mundo de experiências

Unindo o mundo físico com experiências virtuais

O Metaverso é a próxima iteração da internet, suportando ambientes virtuais 3D online permanentes onde experiências virtuais publicamente acessíveis, conteúdos 3D em tempo real e outras mídias relacionadas, estão conectadas e podem ser acessadas via RV/RA, mas também através de dispositivos clássicos, como PC ou celular.

Uma Internet Web3 imersiva, onde os usuários se encontram em espaços virtuais, se representam como avatares e compartilham objetos virtuais, por meio de novas tecnologias.

Metaverso: o desafio

A própria identidade digital do usuário sendo representada como um avatar deve se tornar algo universal, utilizável em vários espaços do Metaverso.

Este é um grande desafio: as iniciativas atuais, de fato, estão centradas principalmente em soluções proprietárias e bloqueadas do Metaverso.

Construir um sistema para conectar esses mundos, com interoperabilidade de recursos e avatares, é uma etapa fundamental para habilitar um Metaverso compartilhado. Isso levará à criação de um novo patamar de realidade, totalmente digital, com valores e economia próprios, incluindo uma expressão de nós mesmos, como no mundo real.

Humanos e avatares digitais

Picture

No Metaverso, coexistem múltiplos mundos digitais dentro dos quais as pessoas podem interagir e socializar simultaneamente através de identidades digitais na forma de avatares.

Esses avatares podem assumir formas sintéticas ou hiper-realistas, ser guiados por uma pessoa física ou, se apoiados por inteligência artificial, agir de forma independente e interagir com usuários de uma maneira mais empática e envolvente do que uma simples interface de conversação. 

Sempre disponíveis, 24 horas por dia, 7 dias por semana, são capazes de estabelecer uma quantidade de interações com um grande grupo de usuários em simultâneo, online e em espaços tridimensionais, cobrindo escalas inimagináveis para um ser humano. 

A Reply, combinando as habilidades da experiência digital à produção de interfaces de conversação e tecnologias de IA, é capaz de fornecer um serviço altamente personalizável usando as melhores tecnologias do mercado, tanto a nível de criação de interface de avatar quanto a nível de conversação.

Economia Token

Picture

Dentro desse novo ecossistema virtual, a propriedade e as transações de ativos digitais serão gerenciadas de forma segura e transparente através de tecnologias, como blockchain que permitem NFTs (Tokens Não Fungíveis).

NFTs são ativos digitais criptográficos registrados e transferidos em blockchain, mas não mutuamente intercambiáveis: eles são ativos "únicos" no mundo digital que podem ser comprados e vendidos como qualquer outra parte de uma propriedade. Cada NFT representa um item digital exclusivo que pode ser comprado ou ganhado por um usuário do Metaverso e negociado no mercado. A propriedade digital, habilitada por NFTs, é um sinal para mostrar no que acreditamos e informar às comunidades das quais fazemos parte.

A Reply apoia as empresas, educando-as e ampliando suas perspectivas sobre o NFT e as criptomoedas, oferecendo estratégias de marketing baseadas em NFT, graças à sua experiência técnica e concepção de projetos voltados para a utilidade.

Experiências imersivas

Picture

Um dos facilitadores do Metaverso é a evolução de ambientes virtuais bidimensionais para tridimensionais, dando aos usuários a capacidade de explorar conteúdos e espaços "volumétricos" e imersivos.

Apoiando-se em tecnologias como a reprodução fotográfica e modelagem tridimensional, a Reply desenvolve ambientes virtuais para marcas e empresas, diretamente acessíveis para navegação autônoma ou auxiliados por especialistas conectados remotamente, que vão desde a concepção das experiências do usuário, até o suporte na integração técnica dos espaços virtuais.

O escopo dos ambientes virtuais da Reply vai desde a experiência com  showrooms virtuais, verdadeiros facilitadores de visualização e exploração de modelos 3D para plataformas de e-commerce, até  visitas remotas com múltiplos usuários, que criam a possibilidade de explorar virtualmente obras de arte ou lugares de outras épocas.

Espaços Colaborativos

Picture

Entretenimento, comunicação, visitas exclusivas, eventos e formação: não há limite para as novas experiências relacionais que as marcas podem criar no Metaverso. Novas formas de interação entre pessoas e ambientes, em que o digital se funde com o físico, já estão a mudar o mundo – não só dos jogos e das redes sociais, mas também do entretenimento e da comunicação e de todas as áreas em que as pessoas se podem relacionar e colaborar. 

Ter um lugar virtual onde se possa “estar presente” oferece a vantagem de poder reproduzir cenários e ambientes complexos, indo além dos limites do físico, dentro do qual se pode interagir remotamente com outras identidades, partilhar objetos e experiências.

Na Reply, trabalhamos com os nossos clientes, apoiando-os na escolha da plataforma que melhor se adapte ao contexto e na criação de soluções personalizadas e adaptadas às suas necessidades específicas.

Metaverso no mundo real

Picture

O desenvolvimento de objetos, itens e conteúdos 3D em tempo real é uma das chaves para o desenvolvimento do Metaverso, digitalizando o design e os fluxos de produção das empresas.

A Reply pode auxiliar as empresas na criação de conteúdos 3D a partir de um modelo de dados uniforme para diferentes canais de comunicação (aplicativos de realidade virtual, conteúdo de imagem para configuradores de automóveis na web, produção de imagem CGI para impressão, animações simples para sítios web ou conteúdo para streaming de vídeo). Desta forma, os processos de produção que anteriormente eram separados são fundidos numa única linha de produção, o que reduz drasticamente o total de tempo e o esforço necessários. No ambiente corporativo, graças ao uso da tecnologia AR/VR, os dados Gêmeos Digitais podem ser visualizados num contexto de Metaverso como um modelo 3D que contém informações provenientes de um objeto físico e também de sensores integrados. Deste modo, é possível ajudar as empresas a vislumbraro que são, na realidade, os dados IoT: em tempo real, sobrepostos ao mundo físico por meio de experiências de computação espacial; tudo isso dentro de um Metaverso Real de AR. Impulsionado principalmente pela visão computacional de IA e sensores avançados, um mapa espacial em comum pode ser compartilhado entre os dispositivos heterogêneos para construir aplicativos do Metaverso do Mundo Real que sejam conectados, colaborativos e multiplataforma, onde objetos virtuais ancorados no mundo físico possam ser compartilhados entre dispositivos e ao longo do tempo com persistência.

Quer saber mais?